quarta-feira, 18 de julho de 2007

então...que venha....

Você vem, o Chico vem, todos ficam esperando a reação de quem vai
Vai indo na frente, vou logo depois

Isso se algo não me prender no caminho e eu não for mais
Mas se eu ficar aqui, não me culpe
Não me chame de covarde
Se quiser, pode chamar, não vou chorar
Não vou grilar
Vou apenas ignorar
O que você pensou não é problema meu
Mas eu vou
Não sei quando, mas eu vou
Tenho coisas a fazer, a terminar
Nem acredito que vou terminar
Quando eu terminar
Eu vou
Mas se algo me prender aqui
Eu fico
Se eu ficar o problema é meu
Mas eu quero ir
Te encontro em algum lugar onde estaremos...

4 comentários:

Ester disse...

Vem, sim!
Te espero...
Com alegria,
Como quem espera harmonia!
Sabedoria...
E com encanto,
Sem tristeza, sem pranto...
Receber abraços e beijos teus,
Como quem espera Deus!!!!!!!!
Um grande beijo da mami.......

Maíra Bellini disse...

Adorei este post. tb queria ir!!! quel parece que vc escreveu o que to sentindo nesse momento sabia? vc é demais... bjo

Isabel Etges disse...

Hehehe, vai vem volta... ahhh! QUE VENHA! QUE VÁ! sem medo e nem arrependimento!

Estou gostando do seu blog, xuxu.

Beijoossss!!!!

patricia disse...

Estejas onde estiver... longe... perto... distante... próxima... na lua... em Palmas... além mar... no coração.... nos pensamentos.... sempre estarei contigo... terás sempre meu apoio... para ir, regressar, prosseguir, sorrir, chorar, dividir, somar, enfim... na trilha de teus sonhos... teu lugar, teu universo... certamente sempre nos encontraremos, não importa onde! Mas importa... tua felicidade! O mundo é assim com você: mais feliz!
Mil beijos amiga querida... Fadaaaa Quélli.
Empolgadamente,
Patrícia Wiensko.